domingo, 13 de abril de 2014

TAMANHO

Sempre tem alguém perguntando: "Qual é o tamanho do caderninho"?

O caderninho de tamanho GRANDE é uma sulfite dobrada ao meio ( mais ou menos 15cm por 21 cm),   com 120 folhas de sulfite colorido, capinha de pano e costurados à mão.

O caderninho de tamanho PEQUENO é metade do tamanho grande (mais ou menos 11cm por 15cm), com 120 folhas de sulfite colorido, capinha de pano e costurados à mão.

O caderninho MINI é metade do tamanho pequeno ( mais ou menos 7,5 cm por 11cm) com 80 folhas de sulfite colorido, capinha de pano e costurado à mão.

O caderno de RECEITAS  é uma sulfite dobrada ao meio ( mais ou menos 15cm por 21 cm) com 100 folhas pautadas, capinha de pano e costurados à mão.

Passo preço por mensagem ou email: salete.marini@gmail.com

Entrego para todo Brasil, via correio (frete)

Cores de papel sulfite: reciclado, branco, salmão, azul, amarelo, verde e rosa


quarta-feira, 2 de abril de 2014

PATRIOTA

Bom gente continuando o post anterior, sobre os cadernos Pai  e Filho, também criei o "BRASILEIRO E O BRASILEIRINHO", ele nasceram da necessidade de ter um presente para dar para pessoas de outros países. Quando minha filha Nádia foi fazer intercâmbio na Turquia, a gente não conseguia achar presentes originais e quando achávamos alguma coisa o preço não agradava então foi ai que a ideia surgiu...eles fazem sucesso....

O  "BRASILEIRO E O BRASILEIRINHO", agora com novas cores de papeis além do amarelo, também em branco, azul e verde, costurados com linha verde e amarela, totalmente artesanal.

Encomende o seu AGORA...ENVIO PARA TODO BRASIL VIA CORREIO (frete)








sexta-feira, 28 de março de 2014

PAI E FILHO

Os Caderninhos Artesanais da Salete são feitos com muito carinho. Alguns modelos têm nome próprio, isso mesmo, foram batizados. A minha filha Nádia foi quem deu nome para os modelos "Pai e Filho".

Os caderninhos quase sempre são bem semelhantes. O maior é o pai e o menor, o filho, afinal, pai e filho são bem parecidos, mas nunca são iguais.

Eu gostei da ideia e aí foram surgindo outros que irei publicar depois. Cada um merece um post separado.




Esse modelo pode ser vendido junto ou separado. Acontece que às vezes o filho vai e o pai fica; ou vão cada um para um lugar diferente.





ENTREGO PARA TODO BRASIL VIA CORREIOS (frete)

domingo, 23 de fevereiro de 2014

O QUE FAZER?

Hoje vou falar sobre o que fazer com um "Caderninho Artesanal", essa é uma pergunta que já ouvi algumas vezes, então resolvi fazer um post sobre isso. Os caderninhos são feitos com folhas de papel sulfite colorida; são sete cores como o arco-íris: rosa, amarelo, azul, verde, branco, salmão e reciclado. Costuro à mão e escolho os paninhos para fazer a capa com muita delicadeza, tudo muito colorido para alegrar a nossa vida escrita.

Vou começar contando a história da Mara. Ela comprou um caderninho tamanho pequeno e fez um "caderno de louvor", colocando nele tudo aquilo que desejava, e depois levou para um padre conhecido para benzer, também colou uma foto da família e disse que trouxe muita sorte. A Mara já comprou vários para presentear suas amigas, e também comentou com sua vizinha, Dona Cecília, que ficou louca para comprar um também, e acabou comprando dois. Eu ganhei mais uma cliente...

A minha amiga Ivana comprou um também e está fazendo um "caderno financeiro", onde anota suas despesas e da família, para poder controlar gastos e planejar melhor seus sonhos.

Vendi um para Patricia, amiga do meu filho, que está fazendo um "caderno diário". Anota suas emoções pessoais, acontecimentos do dia a dia, amores e tudo que passa pela cabeça dela....não deixa ninguém ler...

Também vendi para "caderno de receita"; agora já tenho "caderno de receita" apropriado para isso; "caderno de poesia" eu mesma tenho. Uma coisa bem legal que eu achei foi usar como "caderno de bebê", uma espécie de diário que a mãe vai anotando suas emoções enquanto o neném não nasce e depois toda a história dele. Já teve várias pessoas que fizeram isso.

A Lúcia, a Zuleica e mais algumas fizeram "caderno de anotação", para colocar do lado do telefone. Uma ótima ideia! Perto do telefone é sempre útil na hora de anotar recados. Também já vendi "cadernos para desenhos"... é ótimo para quem faz curso de arquitetura ou desenho - aqueles que aparecem com a inspiração...

 Já estava esquecendo do "cadernos de viagem", onde você anota suas aventuras, lugares visitados, roteiros  e tudo que for acontecendo com você enquanto estiver viajando.

Pessoalmente tenho alguns caderninhos (hehehe); tenho um que anoto a inspiração, outro anoto minhas vendas e despesas com os caderninhos e tenho um que chamo de "caderno de sonho", onde anoto coisas que desejo realizar...aqueles sonhos que temos e pensamos que será impossível...com um bom planejamento a gente consegue. Já estou quase conseguindo um deles....


Agora em 3 tamanhos, grande, pequeno e mini....encomende o seu.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

VIAGEM


Hoje vou falar um pouco sobre a "viagem" dos Caderninhos Artesanais. Eles "nascem" em São Paulo e em pouco tempo estão indo embora, seguem seu destino: Campinas, Votorantim, Sumaré, Sorocaba, Araçatuba, Guarujá, Bauru, São Carlos, Barretos, Piraju, Limeira, Caconde; outros vão um  pouco mais longe: Curitiba, Maringá, Osório, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis; e também tem aqueles mais ousados preferem ir para bem longe: Turquia, e também algumas cidades a sua volta: Estados Unidos, Chile, Espanha, Israel... e vai saber mais aonde esses cadernos vão... Já perdi o controle sobre esses "filhotes" viajantes.

Em qualquer lugar eles sempre trazem sorte para quem ganha ou compra, não perca tempo escolha já o seu


CADERNOS ARTESANAIS COM CAPA DE PANO, PAPEL SULFITE COLORIDO, COSTURADOS À MÃO. ENTREGO VIA CORREIO PARA TODO BRASIL.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

COSTURA COPTA


A ideia de fazer os Cadernos Artesanais surgiu depois que fiz um curso de Encadernação, aprendi e desenvolvi técnicas pessoais, coloquei minha criatividade em ação e foram "nascendo" os caderninhos todos muito coloridos e feitos com muito carinho.

A Costura que faço nos cadernos chama-se "COSTURA COPTA", ela começou a aparecer nos primeiros livros encontrados no mundo, essa ideia de fazer caderninhos costurados a mão me encantou, claro que os primeiros livros eram feitos de modo mais rústicos. hoje temos papel, linha, elásticos coloridos, paninhos de todo tipo  e também toda uma tecnologia desenvolvida com ferramentas adequadas para esse tipo de trabalho.


Para "nascer um caderninho" , preciso de no minimo três horas, não importa se o caderno é grande ou pequeno, o processo é bem demorado, começando com a a escolha do paninho da capa, segundo passo engomar o paninho escolhido, colar no papelão já cortado no tamanho certo e fazer todo o acabamento dessa capa. escolhido a cor do papel, segue o trabalho de dobrar e cortar as folhas, montando assim os bloquinhos depois a furação e por ultimo a costura, que gasto em média uma hora.



Algumas variações de costura Copta 

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

CORPOS



     

Foto de Nádia Marini
Dois corpos
Perdidos
Pelo prazer
Redondamente
na mesma cama.
Poesia
Marcada
Pela vida distante.
Encontros
De momentos
Roubados
Do tempo.







domingo, 2 de fevereiro de 2014

RETORNO

Bom dia, já faz algum tempo que não publico nada por aqui, é assim vou deixando pra depois e tempo vai passando...Vou voltar a publicar minhas poesias e também os "Caderninhos Artesanais da Salete", afinal um BLOG sempre é um canal de divulgação de nossos trabalhos.

Faço os caderninhos com muito carinho, especialmente para você, são feitos com capinha de pano, folhas de papel sulfite colorida e costurados à mão. Se tiver interesse em ter um é só deixar uma mensagem, aqui ou no Facebook, o pagamento é depósito bancário e entrega via correio, entrego para todo o Brasil.



segunda-feira, 10 de setembro de 2012

AMEAÇA



ilustração google

 Minha sobrevivência
estava sendo ameaçada.
Eu estava perdendo
todo o referencial de vida.
Nada mais me importava.
A vida não tem sentido,
estava carente.
Percebia que corria perigo.
Alguns cochichavam.
Será que estou doente?
Eu me perguntava...
Perdi a própria identidade.
Era minha única chance,
dei a última cartada.
Como a vida
mudou desde então...

Publicado no livro Fantasia
2005 Araçatuba SP 

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

GAVETAS


ilustração google
Vem varrendo
essa tempestade,
chega sem hora marcada
levanta a poeira.
Revira as gavetas.
E passa.
Tempestade.
A poeira
fica aqui
no ar
não me deixando
mais respirar .....



Publicado no livro Fantasia
2005 Araçatuba SP
Bauru 04/09/98

sábado, 5 de maio de 2012


PLANETA

Deus da guerra.

Só interessam

seus desejos.

Vive girando

em torno do sol.

Vem sempre

em primeiro lugar.

Deus da guerra.

Planeta

transformador

das guerras diárias. 

Transforma sonhos

em realidade.

Marte.

O planeta vermelho...

quarta-feira, 7 de março de 2012

RIR


ilustração google
O amor perdido,
no tempo
passado.
Rio de lágrimas,
chorado inutilmente.
Quando o amor
é achado.
O sol aquece
o coração congelado.
E finalmente
pode-se rir
do passado...



Publicado no livro Fantasia
2005 Araçatuba SP