quarta-feira, 7 de março de 2012

RIR


ilustração google
O amor perdido,
no tempo
passado.
Rio de lágrimas,
chorado inutilmente.
Quando o amor
é achado.
O sol aquece
o coração congelado.
E finalmente
pode-se rir
do passado...



Publicado no livro Fantasia
2005 Araçatuba SP