quarta-feira, 27 de julho de 2011

SEMENTE

A emoção tomou conta de mim. 
Foto de Nádia Marini
Sinto tudo muito perto. 
Cada palavra, olhar e gestos, 
nada importa. 
Somente a emoção 
de estar próxima de tudo e todos 
para sentir a paixão da vida 
fluir no mundo.
Tento pegar um pouco de ar 
para purificar as coisas. 
Não consigo. 
Me escapa entre os dedos. 
Não importa, estão próximas. 
Com um pouco de amor, 
conseguirei plantar a semente. 
Ela crescerá e viverá 
planta-flor da emoção.

Publicado no livro Momentos da Sala
1991 Campinas SP