quinta-feira, 5 de maio de 2011

NOITE

Da janela da sala
foto google
vejo as arvores.
Balançam
               prá lá
                          e
                              prá cá

na escuridão da noite.
Começa uma dança.
Silenciosa.
Quebrada apenas pelo som
do pio de uma coruja
que rapidamente bate as asas e
sai desse cenário mágico
da dança da noite.



Publicado em Momento da Sala
1992 Campinas SP