terça-feira, 22 de março de 2011

AMANTES


O coração salta
no peito,
o sino badala
ao longe.
Os dois seguem
o mesmo compasso.
Num ritmo
frenético,
dois loucos amantes,
perdidos
numa noite.
Jogados no espaço,
sem tempo,
nada importa,
somente
o momento
de paixão e vida.
No fundo
do mundo
prontos para viver...

 
Jundiaí