domingo, 26 de dezembro de 2010

TEMPLO





Entrei em seu templo,

lugar sagrado.

Sentei em seu sofá,

branco imaculado.

Toquei seu corpo,

estava suado.

Beijei e fui beijada.

acariciei fui acariciada.

Coração

ficou acelerado.

Apenas uma vez

vivi esse momento

que foi abençoado...



Poesia premiada em 2001 n 4 prêmio Missões no Rio Grande do Sul. Poemas nacionais 2 lugar